top of page
  • Diego Santos

Esgotamento no Limite: Entenda o que é e Enfrente a Síndrome de Burnout

Atualizado: 9 de set. de 2023

A síndrome de burnout, também conhecida simplesmente como "burnout", é um estado de esgotamento físico, emocional e mental causado por envolvimentos

fósforos e a frase "Vamos falar sobre Burnout"

contínuos em situações de trabalho ou atividades que são emocionalmente exigentes, estressantes e que demandam muito do indivíduo. Sempre, essa condição está associada a profissionais que exercem suas atividades de maneira intensa, como médicos, enfermeiros, professores, assistentes sociais, executivos e outros.



Os sintomas do Burnout podem variar, mas geralmente incluem:

  1. Esgotamento físico e emocional: Sensação de exaustão constante, tanto física quanto emocionalmente.

  2. Cognição prejudicada: Dificuldade em se concentrar, perda de memória, falta de clareza mental e deficiência do desempenho cognitivo.

  3. Despersonalização: Desenvolvimento de atitudes negativas, cinismo e distanciamento em relação ao trabalho, colegas de trabalho ou clientes/pacientes.

  4. Diminuição da realização pessoal: Sentimento de ineficácia, falta de satisfação com o trabalho e redução da sensação de realização pessoal.

O burnout não é apenas uma condição temporária de cansaço, mas sim um processo gradual que pode se desenvolver ao longo do tempo devido a fatores como carga excessiva de trabalho, pressão constante, falta de controle sobre as atividades, falta de apoio da equipe ou superior , falta de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, entre outros.

É importante destacar que o burnout não é considerado uma doença mental formal, mas sim um fenômeno complexo relacionado ao ambiente de trabalho e ao estresse emocional. No entanto, se não for tratado ou gerenciado transferido, pode levar a problemas de saúde mental mais graves, como depressão e ansiedade.

A prevenção do burnout envolve a criação de um ambiente de trabalho saudável, com gerenciamento adequado da carga de trabalho, apoio emocional aos colaboradores, incentivo ao equilíbrio entre vida pessoal e profissional, e promoção de estratégias de enfrentamento do estresse. Se alguém estiver com sintomas de burnout, é recomendável procurar ajuda de profissionais de saúde mental ou buscar orientação junto à equipe de recursos humanos da empresa.


12 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page